Search
Close this search box.
concurso público do ministério público de minas gerais para o cargo de oficial e analista MPMG - post

Concurso Ministério Público de Minas Gerais – MPMG 2022

Compartilhe com seu amigo concurseiro...

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Fala futuro Servidor do MPMG, beleza? Trago uma excelente notícia para você!

O edital para o concurso público do Ministério Público de Minas Gerais foi publicado e são 101 vagas imediatas para os cargos de Oficial e Analista, além da formação de cadastro reserva.

Principais Informações

  • Banca organizadora: Instituto Consulplan.
  • Vagas: 101 + Cadastro Reserva.             
  • Nível de escolaridade: Médio e Superior.
  • Remunerações: de R$ 5.986,84 a R$ 8.190,14.
  • Inscrições: 01/11 a 05/12 de 2022.
  • Provas: 15/01/2023 
  • Edital
  • Curso e materiais de estudo: 
curso preparatório online para o concurso público do ministério público de minas gerais MPMG para o cargo de oficial do ministério público

Curso preparatório para o cargo de Oficial do Ministério Público de Minas Gerais. Aulas online com material de apoio em PDF e questões.

apostila para o concurso do ministério público de minas gerais MPMG para o cargo de oficial

Apresenta conteúdo completo e atualizado, de acordo com o edital. O material foi elaborado por professores especialistas em concursos.

apostila para o concurso do ministério público de minas gerais MPMG para o cargo de analista

Contempla as disciplinas gerais relativas ao cargos de Analista. Atualizada e elaborada por professores especialistas em concursos.

Remuneração

As remunerações iniciais conforme o edital publicado, são:

  • Oficial: R$ 4.075,84
  • Analista: R$ 6.279,14

Além da remuneração, os aprovados farão jus, dentre outros, aos seguintes benefícios:

  • Vale lanche: R$ 1.333,00;
  • Auxílio saúde: R$ 578,00.

Vagas

São 101 vagas ofertadas além da formação de cadastro reserva. Confira a seguir.

  • Oficial do Ministério Público: 72 vagas imediatas + CR; e
  • Analista do Ministério Público: 29 vagas imediatas + CR.

As oportunidades para Analista do Ministério Público se dividem entre as seguintes especialidades:

  • Administração Pública – 1 vaga;
  • Arquitetura – 2 vagas;
  • Biblioteconomia – CR;
  • Ciências Contábeis – 4 vagas;
  • Design Gráfico – CR;
  • Engenharia Civil – 2 vagas;
  • Engenharia de Segurança do Trabalho – CR;
  • Engenharia Elétrica – 1 vaga;
  • Engenharia Mecânica – 1 vaga;
  • Estatística – 1 vaga;
  • Fisioterapia – CR;
  • História – CR;
  • Jornalismo – CR;
  • Letras – 1 vaga;
  • Medicina: Cardiologia – 1 vaga;
  • Medicina: Clínica Médica – CR;
  • Medicina: Medicina do Trabalho – 1 vaga;
  • Medicina: Psiquiatria – CR;
  • Pedagogia – CR;
  • Psicologia – 1 vaga;
  • Relações Públicas – CR;
  • Serviço Social – 1 vaga;
  • Tecnologia da Informação: Análise de Negócio – 2 vagas;
  • Tecnologia da Informação: Gestão de Projetos de TI – 3 vagas;
  • Tecnologia da Informação: Infraestrutura de TI – 2 vagas;
  • Tecnologia da Informação: Segurança de TI – 2 vagas;
  • Tecnologia da Informação: Suporte de TI – 3 vagas;

Para o cargo de Oficial serão 14.736 vagas de cadastro reserva.

Isso indica uma possibilidade maior na convocação dos aprovados nas comarcas do Ministério Público pelo estado.

Para os cargos de Analista são 48 vagas de cadastro reserva em cada uma das especialidades. 

O concurso MPMG terá validade de 1 ano, contado da data de publicação do ato de homologação. O certame poderá ser prorrogável uma vez, por igual período, a critério do Ministério Público.

Inscrições

As inscrições poderão ser realizadas no site do Instituto Consulplan, exclusivamente pela Internet, no período de 16h00min do dia 1º de novembro de 2022 às 16h00min do dia 5 de dezembro de 2022.

Taxa de inscrição

A taxa de inscrição será no valor de:

Oficial: R$ 90,00

Analista: R$ 100,00

Isenção da taxa de inscrição

O candidato comprovadamente desempregado, de acordo com a Lei Estadual nº. 13.392, de 7 de dezembro de 1999, ou inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), que é regulamentado pelo Decreto Federal n.º 6.135, de 26 de junho de 2007, poderá requerer isenção do pagamento do valor da inscrição preliminar.

 A isenção poderá ser solicitada somente entre 16h00min do dia 1º de novembro de 2022 às 16h00min do dia 8 de novembro de 2022, por meio da solicitação de inscrição no site do Instituto Consulplan.

Para requerer a isenção do pagamento do valor da inscrição, o candidato deverá comprovar condição de desempregado ou estar regularmente inscrito no Cadastro Único para Programas do Governo Federal – CadÚnico.

Requisitos

Os requisitos necessários para ingresso no cargo, de acordo com o edital, são:

  • Oficial do Ministério Público: Certificado de conclusão de ensino em nível médio reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Analista do Ministério Público
  • Administração Pública: Graduação em curso superior de Administração ou Administração Pública reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Arquitetura: Graduação em curso superior de Arquitetura e Urbanismo reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Biblioteconomia: Curso superior de Biblioteconomia reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Ciências Contábeis: Graduação em curso superior de Ciências Contábeis reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Design Gráfico: Graduação em curso superior de Artes Visuais ou Artes Gráficas ou Design Gráfico ou Produção Multimídia ou Webdesigner reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Engenharia Civil: Graduação em curso superior de Engenharia Civil reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Engenharia de Segurança do Trabalho: Graduação em curso superior de Engenharia com especialização em Segurança do Trabalho, reconhecido(s) pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Engenharia Elétrica: Graduação em curso superior de Engenharia Elétrica reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Engenharia Mecânica: Graduação em curso superior de Engenharia Mecânica reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Estatística: Graduação em curso superior de Estatística reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Fisioterapia: Graduação em curso superior de Fisioterapia reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • História: Graduação em curso superior de História reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Jornalismo: Graduação em curso superior de Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Letras: Graduação em curso superior de Letras reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Medicina – Cardiologia: Graduação em curso superior de Medicina, com especialização em Cardiologia, ambas reconhecidas pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Medicina – Clínica Médica: Graduação em curso superior de Medicina, com especialização em Medicina Interna, ambas reconhecidas pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Medicina – Medicina do Trabalho: Graduação em curso superior de Medicina, com especialização em Medicina do Trabalho, ambas reconhecidas pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Medicina – Psiquiatria: Graduação em curso superior de Medicina, com especialização em Psiquiatria, ambas reconhecidas pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Pedagogia: Graduação em curso superior de Pedagogia reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Psicologia: Graduação em curso superior de Psicologia reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Relações Públicas: Graduação em curso superior de Comunicação Social, com habilitação em Relações Públicas, reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Serviço Social: Graduação em curso superior de Serviço Social reconhecido pelo MEC, ou órgão competente, e com registro e/ou inscrição no(s) órgão(s) competente(s), se houver, na forma da lei ou ato normativo específico.
  • Tecnologia da Informação – Análise de Negócio: Graduação em curso superior em Sistemas de Informação, Engenharia de Software, Engenharia da Computação, Ciência da Computação ou outros relacionados, reconhecido pelo MEC, ou órgão competente.
  • Gestão de Projetos de TI: Graduação em curso superior em Sistemas de Informação, Engenharia de Software, Engenharia da Computação, Tecnologia em Processamento de Dados, Ciência da Computação ou outros relacionados, reconhecido pelo MEC, ou órgão competente.
  • Tecnologia da Informação – Infraestrutura de TI: Graduação em curso superior em Ciência da Computação, ou Engenharia da Computação, ou Sistemas de Informação, ou Tecnologia em Processamento de Dados ou outro curso de graduação plena em Informática, reconhecido pelo MEC, ou órgão competente.
  • Tecnologia da Informação – Segurança de TI: Graduação em curso superior em Ciência da Computação, ou Engenharia da Computação, ou Sistemas de Informação, ou Tecnologia em Processamento de Dados ou outro curso de graduação plena em Informática, reconhecido pelo MEC, ou órgão competente.
  • Tecnologia da Informação – Suporte de TI: Graduação em curso superior em Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Engenharia Computacional ou outro curso de graduação plena em Tecnologia da Informação, reconhecido pelo MEC, ou órgão competente.

Requisitos Gerais

  • Ser brasileiro, nato ou naturalizado, ou português amparado pela reciprocidade de direitos advinda da legislação específica.
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais.
  • Estar em dia com as obrigações militares, se do sexo masculino.
  • Achar-se em pleno gozo de seus direitos políticos e civis.
  • Não ter sido condenado à pena privativa de liberdade transitada em julgado ou qualquer outra condenação incompatível com a função pública.
  • Não registrar antecedentes criminais que se apresentem, a critério do MPMG, incompatíveis com a natureza do cargo.
  • Ter, no mínimo, 18 (dezoito) anos de idade.
  • Apresentar laudo médico subscrito pelo Departamento de Perícia Médica e Saúde Ocupacional da Procuradoria Geral de Justiça atestando que goza de boa saúde física e mental nos termos definidos neste edital.
  • Apresentar a documentação exigida no item 18 do Edital.
  • Comprovar, até a data da posse, o preenchimento dos requisitos do cargo/especialidade para o qual se inscreveu, conforme item 2 do Edital;
  • Declarar, em formulário fornecido pela Procuradoria-Geral de Justiça, que não exerce a advocacia, nos termos da Lei Estadual nº 16.180/06.
  • O candidato deverá declarar, na solicitação de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo/especialidade por ocasião da posse
  • Cumprir as determinações do edital.

Provas

Os candidatos do concurso MPMG serão avaliados por meio das seguintes etapas:

  • Prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório; e
  • Prova discursiva/redação, de caráter eliminatório e classificatório.

As provas serão aplicadas no dia 15 de janeiro de 2023.

As provas serão realizadas nas seguintes cidades: 

  • Belo Horizonte, 
  • Governador Valadares, 
  • Juiz de Fora, 
  • Montes Claros, 
  • Pouso Alegre,
  • Uberlândia.

  • Analista: das 8h às 12h30;
  • Oficial: das 14h30 às 19h00.

Prova Objetiva

A prova objetiva para todos os cargos será composta por 50 questões de múltipla escolha

Cada questão contará com 4 alternativas (A, B, C e D) e apenas uma única resposta correta.

tabela de provas e disciplinas para o concurso do ministério público de minas gerais MPMG 2022
Tabela: Provas e Disciplinas

Prova Discursiva

A prova deverá conter entre 20 e 30 linhas. A etapa valerá, ao todo, 20 pontos.

Para ser considerado habilitado, o candidato deverá obter, no mínimo, aproveitamento de 50% do total de pontos (10 pontos).

Tabela da prova discursiva argumentativa - redação - do concurso do ministério público de minas gerais MPMG 2022
Tabela: Prova Discursiva

Ainda não começou a se preparar? Então não perca tempo, comece agora a se preparar e saia na frente dos seus concorrentes!

Amigo concurseiro, fique atento para as demais informações e retificações do edital no portal eletrônico da banca deste concurso. Essa pode ser a sua oportunidade de mudar de vida! 

Aproveite e veja também 5 dicas para otimizar os seus estudos!

Que a “posse” esteja com você! 

Um forte abraço!  

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS

Como estudar para o concurso da PMMG? O que estudar para o concurso da Caixa? 5 dicas para a prova do Concurso Nacional Unificado! CONCURSO PM SP 2023: 5 dicas importantes! Fazer faculdade ou estudar para concursos?